Press enter to see results or esc to cancel.

SAP ABAP – Um velho entre os novos

O que é isso? Não fiquem desesperados pequenos gafanhotos. É somente um velho entre os novos.

Seu significado é [A]dvanced [B]usiness [A]pplication [P]rogramming [A,B,A,P], é uma linguagem de programação de alto nível.

Desenvolvida pela a gigante alemã, a SAP. Uma empresa que disponibiliza uma plataforma ERP também nomeado como SAP, o sistema é associado a módulos, como por exemplo; financeiros, vendas, logística, fiscal e etc. O SAP é um sistema confiável e robusto, muito bem visto pelo o mercado financeiro, a sua confiabilidade é tão grande que chega a ser fator positivo em avaliações de dados e processos de uma empresa quando existe alguma tomada de crédito ou abertura de capital na bolsa de valores.

ABAP é a linguagem primaria para desenvolvimento e customização para o ERP SAP, parecida com o COBOL foi criada a muitos anos, para ser mais exato em 1983. É amigos eu ainda não tinha  nascido nessa época e provavelmente muitos que estão lendo esse texto também não. ABAP foi uma das primeiras linguagens a trabalhar com o conceito de LDBs (Logical Databases), disponibilizando um alto nivel de abstração. Sua atual plataforma é chamada de SAP Netweaver, onde existe a possibilidade de desenvolver em ABAP e Java.

O que podemos fazer com ABAP ? Tudo, porem em cima da plataforma Netweaver. Infelizmente não é uma linguagem que podemos utilizar para projetos fora da atmosfera SAP.

Como já foi falado o SAP é um ERP, ele funciona com programas chamados de STANDARD, os que já estão prontos e preparados para uso, atendendo negócios e processos de uma empresa. Para a customização desses programas é necessário ativar alguns pontos ou incorporar algumas includes no mesmo, sem alterar o principal objetivo.

Caso a compradora do ERP queira desenvolver alguma aplicação que não seja contemplada pela a plataforma ou que seja mas o seu custo de implantação é muito alto, é possível o desenvolvimento de programas do zero. Mas para isso é necessário uma conta ABAP. Com estes programas é possível fazer de um tudo. Programas desenvolvidos pela a empresa compradora são chamados de Z’s ou Y’s, essa nomenclatura é exatamente para diferenciar do STANDARD.

O SAP disponibiliza um ABAP Development Workbench para o desenvolvimento de aplicações e customizações. O acesso para a ferramenta é feito através de uma transação (um aliases) chamada de SE80. Neste ambiente é possível criar, modificar, executar, debugar e mais algumas outras funcionalidades.Também é possível abrir, criar, pesquisar programas através da transação SE38, com algumas funcionalidades iniciais diferentes.

Transação SE80

Abap Development WorkBench - SE80
Abap Development WorkBench

Transação SE38

Editor Abap - Se38
Editor Abap

A criação de um programa em ABAP é tratado de diversas formas; programa executável, programa include, pool de módulos, grupo de funções, pool de subrotinas, pool de interface, pool de classes, pool de tipos e programas XSLT.
O que mais vamos ver são programas executáveis, tradicionalmente chamado de report.

Report High4Devs
Report High5Devs

Antigamente um desenvolvedor ABAP só poderia disponibilizar seus códigos dentro do CodeExchange da SAP, onde existia uma burocracia desnecessária para o compartilhamento de suas aplicações. Olhando para o cenário mundial de desenvolvimento a SAP acordou para a vida e viu que a força da comunidade open-source é muito maior, fechou a CodeExchange, que acabou virando a SCN SAP e abriu um GitHub. A evolução de ferramentas para o desenvolvimento de aplicações utilizando a plataforma SAP Netweaver foi gigante.

Entendendo essa necessidade de disponibilizar mais ferramentas de desenvolvimento a SAP está mudando algumas coisas. Hoje por exemplo é possível desenvolver aplicações ABAP utilizando o Eclipse, integrado com a plataforma Netweaver. Mas claro que não com todos os recursos que o Workbench disponibiliza, mas isso é questão de tempo.

Essa mudança de cultura da SAP trouxe novas ferramentas, como o SAPUI5 uma das grandes promessas da SAP, mas esse é um assunto para outro tópico.

Bom, falei e expliquei e alguns de vocês estão se perguntando, “Funciona somente dentro da plataforma SAP Netweaver, como faço para começar a trabalhar com ABAP, sem trabalhar em uma empresa que utiliza SAP?”. Como já dizia o memorável programa Casseta e Planeta, ‘seus problemas acabaram’. A SAP disponibiliza a versão do Netweaver Trial, hoje disponível na versão 7.3 e 7.4(beta). É possível fazer o download da versão 7.3, o seu tamanho é de 4GB e é necessário um espaço de pelo o menos 60~90GB, sim é grande e complicado de instalar. Mas pensando justamente nisso a SAP fez a gentileza de disponibilizar a versão 7.4 na Cloud, mas é necessário configurar uma máquina na Amazon AWS e configurar no portal SAP Cloud Appliance Library.

 

Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on LinkedInEmail this to someone
Tags

Comments

1 Comment

Paulo Roberto

Bom dia.

Estou no ambiente SAP de desenvolvimento SE38 e só consigo ver meus programas?

Mesmo colocando * no campo ID de parâmetro.


Leave a Comment